sábado, 18 de abril de 2015

Solidão

Eu sou a poesia... 
Sou o ar... 
Sou a brisa... 
Sou o coração... 
Sou o perfume das rosas em tuas mãos... 
O amor que vive batendo forte... 
Em busca da liberdade... 
Eu sou a saudade... 
Que vem e vai num som delicado de uma voz envolvente... 
Eu sou assim sentimento e emoção... 
Sou simplesmente unica dentro da minha própria solidão...