quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Para mim...

Para mim, 
o amor deve ser 
como o café, 
as vezes forte, 
as vezes doce, 
as vezes só, 
e outras acompanhado, 
mas nunca deve estar 
frio e sem sabor.