domingo, 29 de maio de 2016

De bobo

De bobo 
só tenho a cara. 
Ah, e o coração. 
Bruno Fontes